Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

ACORDAI! - Acção global livre e democrática de cidadania

Uma organização de cariz independente que integra gente de várias ideologias de Mira, Vagos, Cantanhede, Coimbra, Ílhavo e Aveiro.

ACORDAI! - Acção global livre e democrática de cidadania

Uma organização de cariz independente que integra gente de várias ideologias de Mira, Vagos, Cantanhede, Coimbra, Ílhavo e Aveiro.

04
Abr18

Estadias no Marriott e almoços no Olivier e na Bica do Sapato levam deputada do PS a ser acusada de peculato

antónio veríssimo

Atual deputada do PS e ex-autarca, "Joana do café" está acusada de peculato e abuso de poder por pagar despesas em hotéis e restaurantes caros e ainda cobrar ajudas de custo à autarquia.

Joana Lima deslocou-se a Lisboa a 28 de novembro de 2012 para participar no programa “Prós e Contras” da RTP e ainda aproveitou para ir ao Tribunal de Contas e ao escritório do advogado do município. Nessa noite, a então presidente da câmara municipal da Trofa dormiu no Marriott Hotel, numa estadia que custou 191 euros e que pagou com um cartão de crédito de uma empresa municipal. Mesmo assim, cobrou 50,20 euros de ajudas de custo. A esta despesa (e várias outras dormidas) juntam-se almoços e jantares em restaurantes como Olivier Avenida, Bica do Sapato, Doca Peixe ou Arcos que foram pagos com cartões de crédito da autarquia ao mesmo tempo que eram cobradas ajudas de custo. Todas as despesas constam do despacho de acusação do Ministério Público, no qual a atual deputada do PS é acusada dos crimes de peculato, abuso de poder e violação de normas de execução orçamental.

Ao Observador, a deputada do PS — que foi presidente da câmara da Trofa entre 2009 e 2013 — diz que tem “o princípio de não falar enquanto decorre o processo”, mas garante: “Estou de consciência tranquila“. No despacho de acusação, ao qual o Observador teve acesso, o Ministério Público enumera despesas no valor de 6.450 euros, em gastos feitos com dois cartões de crédito: 2.273,96 euros gastos através de um cartão business Gold da Caixa Geral de Depósitos em nome da câmara da Trofa e 4.176 euros que foram pagos com o cartão de crédito da empresa municipal TrofaPark.

OBSERVADOR

JOANA LIMA.png

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Pesquisar

Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D